Labirintite – Saiba como identificar e como tratar

Labirintite

A labirintite é uma doença que afeta o ouvido e as proximidades. Ela afeta o labirinto e as estruturas responsáveis pelo equilíbrio e pela audição. É apenas depois de quatro dias de infecção que os sinais se tornam mais intensos. Eles diminuem ao longo de três semanas até desaparecerem por completo.

Labirintite
Labirintite – Saiba como identificar e como tratar

Labirintite – Saiba como identificar e como tratar

Causas

Não são claras as causas da labirintite, mas infecções e inflamações podem acarretar no problema, como o resfriado. Outros problemas que podem provocar a labirintite, mesmo com menos frequência, são tumores, doenças neurológicas, alterações genéticas, compressões mecânicas, alergias e uso de medicamentos prejudiciais ao ouvido interno.

Sintomas

  • Sensação de pressão dentro do ouvido;
  • Líquido ou secreção saindo do ouvido;
  • Diminuição do equilíbrio e tontura;
  • Perda de cabelos;
  • Dor de cabeça;
  • Diminuição da audição;
  • Zumbido constante no ouvido.
  • Sudorese;
  • Náuseas e vômitos;
  • Vertigem, a sensação de que tudo ao redor está girando;
  • Febre acima de 38°C.

Como tratar

Inicialmente, a pessoa que apresenta os sintomas deve se consultar com um otorrinolaringologista, que vai indicar o melhor tratamento. Normalmente, o tratamento pode ser feito em casa, em um ambiente escuro e que não tenha barulho. É importante a ingestão de líquidos, como chá, água e suco, até os sintomas melhorarem. O médico pode receitar também medicamentos, como amoxicilina.

Uma dieta rica em ômega 3 pode ajudar na melhora dos sintomas. Portanto, são bem-vindos alimentos como:

  • Salmão;
  • Sardinha;
  • Sementes de chia.

Alguns alimentos, no entanto, podem piorar o quadro e por isso devem ser evitados. Alguns desses alimentos são:

  • Bebidas com muito açúcar, como refrigerantes e sucos industrializados;
  • Bebidas estimulantes, como café, coca-cola e chá mate;
  • Alimentos muito doces, como balas, sorvetes, bolos, chocolates e biscoitos;
  • Frituras e quaisquer outros alimentos ricos em gordura;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Alimentos com muito sal, já que podem aumentar a pressão no ouvido, piorando a inflamação. É preferível usar ervas aromáticas, como alecrim e orégano;
  • Mel.

É mais que recomendado o consumo de água e fazer as refeições de três em três horas, porque isso ajuda a diminuir as crises de labirintite. É bom utilizar travesseiros altos para quando for se deitar e fazer caminhada regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *