Conheça melhor a aposentadoria especial

Conheça melhor a aposentadoria especial

Conheça melhor a aposentadoria especial

Uma das melhores maneiras de receber um benefício diferenciado é através da aposentadoria especial, no entanto, consegui-la pode proporcionar uma série de dor de cabeça, devido às exigências necessárias para consentimento da mesma.

Saiba o que é a aposentadoria especial e como identificar se pode receber esse benefício.

Aposentadoria especial

A aposentadoria especial é um benefício do INSS pago a trabalhadores que foram expostos em seu trabalho por agentes químicos, biológicos ou físicos, os quais prejudicam a saúde humana.

Como funciona a aposentadoria especial?

Agentes nocivos

Os agentes nocivos à saúde são considerados para conseguir o benefício. De acordo com a lei, os agentes químicos (arsênio, cromo, benzeno, iodo), físicos que incluem ruídos, calor, frio, elasticidade, ar comprimido e outros, mais os biológicos que incluem fungo, bactérbebeia e vírus, são de alto risco.

Se comprovada a exposição a pelo menos algum desses agentes que são nocivos à saúde, você tem o direito de se aposentar com 15, 20 ou 25 anos de exercício da profissão, desde que tenha cumprido a carência mínima de 180 contribuições no INSS. No entanto, a maior porcentagem de aposentadoria especial nessa categoria é a partir dos 25 anos de trabalho.

Podemos citar como exemplo de profissão que consegue o benefício com apenas 15 anos contribuindo com a Previdência, os profissionais que trabalham na linha de frente nas minerações subterrâneas.

O tempo também é menor para mineradores subterrâneos longe da produção e que tenham sido expostos ao agente químico amianto, estes conseguem se aposentar com 20 anos de contribuição.

Tempo de contribuição

Mesmo que não se tenha cumprido a contribuição dos anos necessária (15, 20 ou 25), o trabalhador tem a possibilidade de realizar a conversão do tempo da atividade especial em atividades comuns.

O trabalhador pode ter exercido até duas atividades que sejam convertidas para garantir seu benefício. Para isso é feito um cálculo através da tabela realizada pelo governo, o site “consultameuinss.com.br” reúne muitas informações úteis sobre o INSS.

Como saber se tenho direito a esse benefício?

Até o ano de 1995, segundo decretado por lei, há uma lista de profissões que se enquadram na aposentadoria especial.

  • Profissionais da Saúde
  • Forneiro, Metalúrgico, Soldador, Alimentador Caldeira, entre outros nesse segmento
  • Vigilante, Bombeiro, Guarda e Vigia
  • Frentista que trabalha em posto de gasolina
  • Motoristas de ônibus e tratores, além de cobradores do transporte público
  • Entre outros.

No entanto, é preciso comprovar a exposição. Deve ter em mãos um documento feito pelo médico do trabalho ou engenheiro, realizado através do LTCAT (Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho).

Valor da aposentadoria especial

Após comprovar sua categoria no INSS, o trabalhador pode realizar a solicitação do seu benefício. Desde o ano de 1994 essa categoria tem a média de 80% dos maiores salários da aposentadoria para contribuintes.

No entanto, assim como as diversas categorias de aposentadoria, não é possível ultrapassar o teto que é de R$ 5.839,45.

 

Ainda resta alguma duvida quanto ao benefício especial? Aproveite o espaço abaixo e deixe seu comentário, ficaremos felizes em ajudar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *