Bolsa Medicina: é possível conseguir bolsa para estudar medicina?

Como você já deve saber, o curso de Medicina é o mais disputado do Brasil, seja em universidades públicas, privadas, ou nos programas do Exame Nacional do Ensino Médio. O motivo para a alta concorrência são as ótimas oportunidades de trabalho para quem faz o curso, os altos salários e também a missão de salvar vidas e curar pacientes.

Quem tem interesse em entrar nessa graduação e não pode pagar pela mensalidade, deve estar procurando por oportunidades de Bolsa Medicina. Se você é uma dessas pessoas, fique tranquilo, há boas opções de auxílio para quem busca ingressar nessa carreira.

Neste texto, vamos te explicar brevemente como funciona o curso de Medicina e quais são as bolsas que existem para quem busca fazer a graduação em uma universidade particular. Entre as principais opções estão as bolsas do Prouni, as bolsas de secretarias de estado e municipais de educação e bolsa para  Medicina nas próprias universidades. 

bolsa medicina

O curso de Medicina 

Não é à toa que o curso de Medicina é o mais buscado por estudantes no país. As áreas de atuação são diversas, na esfera pública, privada e em organizações não governamentais. Quem se forma em Medicina pode atuar como cardiologista, oftalmologista, pediatra, cirurgião, psiquiatra, enfim, são diversas possibilidades! 

A graduação em Medicina tem uma duração de seis anos e mais dois, no mínimo, de residência, caso o recém-graduado queira se especializar em alguma das áreas citadas. Isso faz com que o curso seja longo e a dedicação a ele tenha que ser muito grande, o que muitas vezes inviabiliza trabalhar e estudar ao mesmo tempo. 

Se você se identifica com esse caso e necessita de uma bolsa de estudos para cursar Medicina, saiba que existem ótimas opções de auxílio para aqueles que não têm renda para pagar uma mensalidade.

Bolsas pelo Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é um dos três programas oferecidos pelo Ministério da Educação para aqueles que fizeram o Enem. É o segundo mais disputado, ficando atrás apenas do Sisu, que oferece vagas nas instituições de ensino superior públicas do país. Caso você não tenha conseguido uma nota suficiente para entrar em Medicina pelo Sisu, saiba que as notas de corte do Prouni são menores, ou seja, há mais possibilidades de você conseguir ingressar na carreira de Medicina!

As bolsas ofertadas pelo Prouni podem ser tanto parciais, de 50%, ou integrais. Para concorrer ao programa você deve ter tirado no mínimo 450 pontos nas provas gerais do Enem e não ter zerado a redação. O Prouni é um programa federal e conta com universidades do país todo, por isso acaba sendo o meio mais comum de se conseguir uma bolsa para Medicina.

As bolsas também têm um pré-requisito de renda, ou seja, são ofertadas para aqueles que não podem bancar o curso e que tenham como comprovar isso.

Os três requisitos do Prouni são:

1 – Ter feito o ensino médio em rede pública ou como bolsista integral na rede particular;

2 – Renda familiar mensal bruta de três salários mínimos;

3 – Não ter um diploma de curso superior.

A nota média de corte para o Prouni em Medicina está entre 700 e 850 pontos, e há opções para o primeiro e o segundo semestre de cada ano letivo.

Mas o Prouni não é a única opção caso você busque uma bolsa para  Medicina. Há ainda oportunidades nas secretarias de educação de estados e municípios e também dentro das próprias universidades.

Bolsas das secretarias de estado de educação

Outra ótima opção de bolsa para  Medicina são as secretarias estaduais e municipais de educação que ofertam auxílio para estudantes que não possuem condições de pagar uma mensalidade. 

As mensalidades de Medicina são as mais caras do país, porque o curso é longo, os professores devem ser altamente especializados e os laboratórios devem ser equipados com instrumentos de alta qualidade, o que acaba saindo muito caro. 

O Estado de Santa Catarina, por exemplo, possui o programa de bolsas Uniedu. Já o estado de São Paulo tem o projeto Bolsa Universidade. Vale a pena se informar diretamente nas secretarias estaduais e municipais da sua região para verificar a oportunidade de conseguir uma bolsa e cursar a tão sonhada graduação em Medicina. 

Bolsas na própria universidade

Por fim, as próprias universidades podem oferecer bolsas de estudo para os estudantes que tenham tido boas colocações no vestibular e tenham uma situação socioeconômica precária. 

Essas bolsas podem ser parciais ou integrais, e em alguns casos podem haver convênios com algumas empresas para ofertá-las. Os requisitos para conseguir e manter a bolsa vão depender de cada universidade, mas podem incluir o bom rendimento nos estudos e uma boa nota nas disciplinas.

Lembre-se sempre de buscar uma universidade reconhecida e bem avaliada pelo MEC, assim você garante que está investindo seu tempo e sua dedicação a uma faculdade que irá te trazer grande retorno para a sua vida profissional.

Tem mais alguma dúvida sobre como funcionam as bolsas de Medicina no Brasil? Deixe nos nossos comentários que iremos ajudá-lo a alcançar o sonho de estudar na área de saúde!